O Perigo da Obesidade Infantil Para a Saúde do Coração

A obesidade infantil é um dos maiores desafios de saúde pública no Brasil. Segundo dados do Ministério da Saúde, 33% das crianças entre 5 e 9 anos estão acima do peso e 15% já são consideradas obesas.

Os números para os próximos anos não são animadores. O Ministério da Saúde calcula que, em 2025, pelo menos 11,3 milhões de crianças tenham excesso de peso no Brasil.

Por que a obesidade infantil preocupa tanto os profissionais de saúde?

Uma criança obesa está mais propensa a se tornar um adulto obeso. O acúmulo de gordura contribui para o risco de entupimento das artérias e prejudica o coração, que precisa fazer um esforço extra para bombear o sangue.

Com isso, aumentam os riscos para o surgimento de doenças crônicas e cardiovasculares, como hipertensão, diabetes, Acidente Vascular Cerebral (AVC) e o infarto do miocárdio, que estão entre as principais causas de morte no Brasil.

Um dos vilões para a alta de peso em crianças é o consumo de alimentos industrializados ricos em açúcar e gordura.

Prevenção e tratamento

Para cuidar da saúde do coração, a prevenção é o melhor remédio e deve começar desde cedo, com aleitamento materno na infância e hábitos de alimentação saudáveis.

Ainda na maternidade, faça o teste do coraçãozinho no seu filho. Oferecido pelo SUS, o teste consegue identificar problemas no coração antes mesmo deles aparecerem.

A mudança no estilo de vida deve começar pelos pais ou responsáveis, através de bons exemplos.

Verduras, vegetais e frutas devem fazer parte do cardápio desde os primeiros anos de vida.

Outro fator preponderante para manter a saúde do coração é deixar o sedentarismo de lado e praticar atividades físicas.

A combinação de atividade física e dieta equilibrada pode reduzir em até 60% o risco de desenvolver doenças cardiovasculares. Incentive seu filho a trocar o videogame e o celular pela prática de atividades ao ar livre.

Dicas para manter o coração saudável

  • Incentive o aleitamento materno até pelo menos 6 meses de vida;
  • Durante o desmame, evite adoçar sucos e papinhas de frutas com mel ou açúcar;
  • Mantenha uma dieta equilibrada, com 5 a 6 refeições por dia e porções adequadas de alimentos;
  • Consuma legumes, vegetais e frutas;
  • Prefira alimentos integrais;
  • Troque o suco industrializado e refrigerante por sucos naturais e água de coco;
  • Invista em alimentos cardioprotetores como azeite, alho, peixe, linhaça e aveia;
  • Capriche na apresentação dos pratos para a criançada, com alimentos coloridos, novas receitas e transforme a refeição em um momento agradável junto à família;
  • Envolva a criança em atividades relacionadas à alimentação, como ir à feira, ao mercado e ajudar no preparo dos alimentos, transformando o momento em algo atraente para ela;
  • Pratique atividade física;
  • Beba bastante água.

 

 

 

 

 

Telefone

(41) 3262-9053

Localização

Matriz:
Av. Mal. Humberto de Alencar Castelo Branco, 295
Curitiba - PR

Sede MAB:
Rua da Paz, 195, sala 307
Curitiba - PR

Sede Hospital das Nações:
Rua Raphael Papa, 10
Curitiba - PR

Emergências cardiológicas 24h
atendemos na sede Hospital das Nações

Entre em contato

Desenvolvido por Septimo